Crédito: Foto de Tânia Carvalho

04/03/2012

Dia Internacional da Mulher




Todo ano é a mesma coisa. "Feliz Dia Internacional da Mulher". "E parabéns por terem conquistado os seus espaços, por enfrentarem a dupla ou tripla jornada...e terem que dar duro o dia inteiro, e ainda assim estarem lindas e poderosas para os seus companheiros". 
Trabalhar o dia todo, cuidar dos filhos, da casa, fazer arroz e fritar bife...e  depois ficar linda e perfumada...?? Moleza!! 
Quer saber, chega desse blá...blá...blá de todo ano! Apesar de ser um privilégio ser mulher e eu achar até que é uma dádiva de Deus ter me feito do sexo feminino,   não é fácil ser mulher coisa nenhuma. 
Somos antes de tudo, seres humanos como todos os outros. Com qualidades e defeitos, erros e acertos, e somos muito imperfeitas e altamente passionais. Temos sim celulite, pneuzinhos aos montes, gorduras abdominais que não nos largam por nada. Somos pessoas comuns como todos são mas cobradas de manhã, de tarde e de noite para sermos perfeitas. Um dia para comemorar o nosso dia?? Que bom...se pelo menos nesse dia nos deixassem ser quem de fato somos. E nos admirassem pela pessoa que somos. E se  lembrassem da gente como guerreiras, muitas vezes solitárias a guerrear por um batalhão. Se celebrassem nossas vitórias como mães e nos presenteassem com mais justiça. Ou mesmo orações sinceras. Somos sim agradecidas e agraciadas. Mas continuaremos amanhã as mesmas lutas. Como mães, donas de casa, companheiras, amigas, trabalhadoras, operárias. E o mundo continuará a valorizar somente o belo, o perfeito, o corpo esculpido, o rosto preenchido com botox, o silicone nos seios e o bumbum empinado. Mesmo que durante a noite o choro do filho não te deixe dormir. Acorde bela! Vá para a academia e malhe, malhe, malhe, porque você precisa estar magra. Coma só salada, pelo amor de Deus, senão você engorda. E olha aqui...deixa eu ver...parece que tá começando um "pézinho de galinha" aí no canto dos seus olhos. E as olheiras? Não sabe que há um milhão de corretivos no mercado...? E a depilação, já marcou? Clareamento dental também? Nossa...as raízes do cabelo...tem meio milímetro aparecendo e você tingiu o cabelo a semana passada...! Jesus, o que será de mim e de você? Estamos acabadas se não entrarmos no ritmo frenético das exigências desse mundo cruel!  
Ninguém percebe o óbvio. E o óbvio é que só queremos ser nós mesmas. Felizes e realizadas. Sem tantas exigências. Sem sermos duramente pressionadas a ser o que não somos. Queremos amar e ser amadas...será que alguém pensou nisso? Se o amor vai bem, tudo vai ainda melhor. A pele, os olhos, o corpo, a vida, o sorriso...tudo!
Ser mulher é sinônimo sim de beleza, delicadeza, amor incondicional. Mas é sinônimo também de realizações,  espaços conquistados à duras penas, contradições, mistério. Ser mulher é mistura de sentimentos e  atitudes. É um constante questionamento da própria existência sem nunca nos sentirmos plenas, preenchidas, completas.
O vaso de flores que algumas de nós ganharemos no "nosso dia" vai murchar logo, logo. Não somos santas para sermos reverenciadas num só dia.
Somos apenas mulheres. Todos os dias.




Um comentário:

  1. damaris de souza08/03/2012 08:13

    adorei!!!!!é um desabafo que muitas de nós mulheres queriam expressar,com certeza muitas se identificaram aqui

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita. Deixe o seu comentário!